Unhas amareladas: o que pode ser (e o que fazer)


As unhas amareladas acontecem principalmente como consequência da infecção por fungos na unha, que podem provocar alteração no formato, textura e coloração da unha.

No entanto, as unhas amarelas podem ser também consequência do envelhecimento, do tabagismo ou sinal de deficiências nutricionais, principalmente deficiência de vitaminas A e C e minerais.

Além disso, as unhas amareladas podem ser sinal de doenças, como a psoríase ungueal, que deve ser avaliada pelo médico para que possa ser iniciado o tratamento mais adequado, caso haja necessidade.

O que pode deixar as unhas amareladas

As principais causas de unhas amareladas são:

1. Micose de unha

A micose de unha, também conhecida por onicomicose, é uma infecção causada por fungos, que causam alterações na cor, formato e textura da unha, deixando-a mais grossa, deformada e amarelada. A micose de unha pode ser transmitida em piscinas ou banheiros públicos, quando a pessoa anda descalça, ou quando se partilha materiais de manicure, por exemplo.

O que fazer: o tratamento da micose de unha pode ser feito com esmaltes antifúngicos ou remédios antifúngicos orais receitados pelo dermatologista. Veja mais sobre o tratamento da micose de unha.

2. Deficiência em vitaminas e minerais

Assim como acontece com outras estruturas do organismo, certas deficiências nutricionais podem deixar as unhas mais frágeis, quebradiças e descoloradas. As unhas amareladas podem ser o resultado de falta de antioxidantes, como a vitamina A e a vitamina C.

O que fazer: O ideal para manter um corpo saudável e evitar deficiências nutricionais, é realizar uma dieta equilibrada, rica em vitaminas e minerais. Além disso, pode-se ainda tomar um suplemento vitamínico por, no mínimo, 3 meses.

3. Envelhecimento

À medida que a pessoa envelhece, as unhas podem ficar mais fracas e alterar a sua cor, ficando ligeiramente amareladas. Este é um processo natural do envelhecimento e não significa que a pessoa tenha algum problema de saúde.

O que fazer: aplicar água oxigenada nas unhas é uma ótima opção para as deixar mais claras. Além disso, para que fiquem mais fortes, pode-se ainda aplicar um esmalte fortificante.

4. Uso de esmalte de unhas

O uso frequente de esmalte de unhas, principalmente de cores fortes, como vermelho ou laranja, por exemplo, pode deixar as unhas amareladas ao final de algum tempo de uso.

O que fazer: para evitar que as unhas fiquem amareladas com o uso de esmalte, a pessoa pode fazer uma pausa, estando algum tempo sem pintar as unhas, ou usar um esmalte protetor da unha, antes de aplicar a cor.

5. Psoríase ungueal

A psoríase ungueal, também conhecida por psoríase das unhas, acontece quando as células de defesa do corpo atacam as unhas, deixando-as onduladas, deformadas, quebradiças, grossas e com manchas. 

O que fazer: embora a psoríase não tenha cura, a aparência das unhas pode ser melhorada com o uso de esmaltes e pomadas com substâncias contendo clobetasol e vitamina D. Além disso, alguns tratamentos podem ser realizados em casa, como hidratar as unhas e manter uma alimentação rica em ômega 3, como linhaça, salmão e atum. Saiba mais sobre o tratamento.

6. Tabagismo

O tabagismo pode aumentar o risco de diversas doenças, principalmente bronquites e enfisema, devido à grande quantidade de substâncias químicas que o cigarro possui em sua composição, como a nicotina. A nicotina pode impregnar-se na pele, principalmente nos dedos e nas unhas, deixando-as com uma coloração amarelada.

O que fazer: apesar de existirem tratamentos para branquear as unhas, o mais recomendado é parar de fumar, já que isso não só melhora a coloração das unhas, mas também diminui a possibilidade de desenvolver doenças pulmonares.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *